Back-end ou Front-end? Por onde começo? A importância dos algoritmos

O objetivo deste artigo é ambientar pessoas que estejam iniciando seus estudos em Desenvolvimento Web, fornecendo uma visão-geral de todas as áreas que compõem o processo de desenvolvimento de um Website. Puxe a cadeira, sente-se e se sinta à vontade!

No mundo do Desenvolvimento Web, podemos notar uma divisão clara entre as a finalidade das linguagens envolvidas no desenvolvimento de um site. Você já deve ter escutado por aí, termos como Front-end ou Back-end. O Front-end representa o conjunto de rotinas responsáveis por serem processadas no “lado do cliente”, sendo responsável pela maioria das características visuais e animações da aplicação. Até então, nada é requisitado ou escrito no servidor. Algumas tecnologias de Front-end são: Html, Css, javaScript, jQuery…

Quando exibimos informações em uma página da Web, além da apresentação estética, é necessário projetar quais, como, quando e onde as informações serão exibidas.
PHP é uma linguagem de programação que roda do “lado do servidor“, permitindo criar interação com o usuário através de informações enviadas por formulários e por parâmetros através da URL, por exemplo. Nenhum código responsável por este processamento é mostrado, mas sim, a resposta da solicitação realizada ao servidor. Exemplos de tecnologias de Back-end: Java Web, Asp, Php, Python… Bem como as novas tecnologias que entregam pré-processamentos de css, ou frameworks JavaScript que agilizam MUITO o trabalho

  • Ao acessar um Site, o usuário solicita uma resposta ao servidor, que responde com a cópia da página solicitada, em HTML.
  • A resposta é interpretada pelo navegador e a página é renderizada. É possível visualizar o código HTML, javaScript e CSS retornados pelo servidor.
  • Clique com o botão direito em cima do elemento->inspecionar elemento e a ferramenta será exibido e o objeto, selecionado; Ou aperte f12 para abrir o inspecionador sem a seleção.

A importância dos algoritmos

É uma habilidade fundamental para quem deseja aprender alguma linguagem de programação, qualquer que seja. Algoritmo é o nome dado ao estudo e também aplicação de sequências-lógicas. É possível parar e refletir para rapidamente chegar à conclusão de que vivemos o Algoritmo em nossas vidas.

Para ilustrar, vamos simular uma sequência de passos para um usuário que deseja pegar suas chaves em uma determinada gaveta. Temos:

(Abrir a gaveta)
[Se chave = encontrada]
Pegar;

[Se não]
Abrir outra gaveta

Podemos deixar nosso exemplo ainda mais incrementado usando recursividade. Ficaria mais ou menos assim:

(Abrir a gaveta)
Se chave = encontrada
Pegar

[Se não]
(Abrir a gaveta)

Abrir gaveta será chamada, caso a chave seja encontrada, ele pega e sai da rotina. Caso não seja encontrada, ela executa outra instância de si mesma para novamente procurar a chave em OUTRA gaveta, que não a anterior.

Note que as decisões são tomadas na medida que o “programa” ou no caso, a vida, requer. Organize seu tempo e estude Algoritmos, você deve estar sempre afiado nesta competência. Após um tempo, você pensará naturalmente de forma mais organizada durante a construção de seus programas – e também fora deles.

Mágica? Não. Conhecimento!

E aí, conseguiu? Diga-nos o que achou deste artigo, curta e compartilhe para nos ajudar a continuar produzindo conteúdo gratuito e de qualidade. Até a próxima!